Método

de trabalho

foto-metodotrabajo
foto-metodotrabajo-responsive

“Queremos montar um time que lute pelo campeonato e jogue bom futebol.”

-Ramón Angel Díaz

Na atualidade, o futebol é regido pelos resultados. São esses resultados os que marcam o sucesso e o fracasso dos jogadores, técnicos e dirigentes em seus desempenhos nos clubes.

Conceitos

A comissão técnica comandada por Ramón Díaz se caracteriza por uma metodologia integrada, na qual os aspectos técnico-tático-físico são o ponto de partida e o interesse comum; independentemente dos conteúdos visuais, psicológicos e cognitivos que também são abordados.

O objetivo principal da programação física é utilizar todas as estratégias possíveis, conducentes à aquisição de uma preparação física e mental de cada esportista que lhe permita desenvolver plenamente suas aptidões futebolísticas individuais e coletivas.

Embora a carga física ocupe a maior parte do tempo na sessão de treinamento, a equipe técnica propõe a permanente necessidade de que nunca falte o elemento fundamental deste esporte, ou seja, os exercícios com a bola.

foto-content-metododetrabajo-1

“Os jogadores são os responsáveis pelo sucesso do time, porque são eles que estão em campo”

-Ramón Angel Díaz

foto-content-metododetrabajo

-Ramón Díaz durante um treino

Procura-se gerar uma linha de conscientização que desperte no profissional a necessidade de se comprometer com o cuidado pessoal e a dedicação em função de se entregar ao cumprimento de suas aspirações pessoais, grupais e as de toda a comissão técnica.

Quanto a este último ponto, é preciso transmitir e exigir o respeito por algumas pautas de convivência respeitante ao comportamento de cada integrante do elenco, e assim alcançar um relacionamento cordial entre companheiros e treinadores.

Método de trabalho

Levando em consideração os objetivos, o tempo disponível de pré-competição e os compromissos, procura-se fazer um trabalho de base que, tendo início num nível de aprendizagem, tenta fazer com que o jogador e, consequentemente, o time vá tomando consciência do sistema de uma maneira progressiva.

Particularmente nas pré-temporadas, propõe-se um trabalho de base tradicional no qual se dá privilégio ao aspecto físico juntamente com as atividades feitas com a bola.

Posteriormente, há um aumento do nível de concentração e da dificuldade dos trabalhos tentando afiançar os conceitos básicos que caracterizam a ideia futebolística de Ramón Díaz.

A metodologia se divide em três fases:

foto-content-metododetrabajo-solord

-Ramón Angel Díaz

foto-content-metododetrabajo-2b

“Você pode gostar do meu pai ou não, mas ele é o mais vitorioso da história.”

-Emiliano Díaz

Fase de Internalização de Conceitos:

Nesta fase, a ideia é programar microciclos semanais nos quais os trabalhos técnicos-táticos sejam simples e de movimentos. Ou seja, que mostrem os conceitos de posse de bola que se pretendem alcançar, tentando estandardizar movimentos táticos que respondam ao sistema de jogo. O objetivo é que esses conceitos surjam de maneira automática durante a competição, sem importar a proposta de jogo do adversário.

Nesta fase, os trabalhos são isolados das situações de jogo reais: não há adversários, se trabalha em campo reduzido, separando tais trabalhos por linhas de defesa, de meio-campo e de ataque. Desse modo se mostra claramente a cada setor do time qual é sua função.

Isso vai supor treinos estáticos ou pouco dinâmicos, motivo pelo qual a carga física será trabalhada com bola em espaços reduzidos.

Fase de Integração de Conceitos:

Nesta fase, os microciclos programados terão por base trabalhos técnicos-táticos e físicos, com uma dinâmica maior que a anterior, integrando os conceitos de posse de bola e de pressão em situações de jogo real.

Neste momento, os trabalhos serão integrais, porém, sempre levados a situações reais de jogo, em campos reduzidos ou áreas determinadas do campo. Ainda não se está em condições de fazer exercícios táticos formais em todo o campo de jogo.

Fase de Controle de Conceitos:

Neste ponto, o planejamento estará sujeito à realização de trabalhos em campo completo, dando maior liberdade aos jogadores para seu desempenho, com apenas algumas indicações visuais e materiais. Isso permite recriar uma semelhança com a competição real, situação em que é solicitada aos protagonistas a aplicação dos conceitos incorporados nas fases prévias.

Treinamento

para a comissão técnica é vital desenvolver cada prática com base em critérios científicos e médicos definidos previamente, com a finalidade de cumprir com os objetivos preestabelecidos.

Para a comissão técnica, as sessões de treinamento ideais contam com uma carga horária de aproximadamente uma hora e meia (1 hora 30 minutos) de tempo efetivo, priorizando a qualidade do treino e não a quantidade.

A equipe técnica presta especial atenção ao fato de que a carga física seja tal que permita a recuperação ao longo do dia. Para isso, é necessário prover café-da-manhã e almoço diário para cada jogador, complementando assim o treinamento com a nutrição adequada.

Nesse sentido, o corpo de fisioterapeutas e médicos está à disposição do elenco para a recuperação de fadigas e lesões, de tal forma que todos os profissionais estejam em ótimas condições para iniciar um novo treino no dia seguinte.

foto-content-metododetrabajo-3

“Minha ideia é jogar com um homem de ligação e dois atacantes. Esse é o estilo que eu gosto e o que os torcedores querem.”

foto-content-metododetrabajo-4

-Treino do River Plate

Competição

em etapas de competição, leva-se em consideração a data do seguinte compromisso e se elaboram cronogramas semanais, distribuindo as cargas para que seja possível chegar ao evento em ótimas condições.

Tenta-se priorizar essas fases de treino sem deixar de lado a prática “formal” de futebol, já que a mesma é considerada essencial para a formação da equipe que será apresentada.

Nos dias prévios ao compromisso, um espaço de tempo é dedicado para a análise dos adversários. São estudadas suas virtudes e fraquezas, primeiro nas salas de vídeos e, depois, no campo de jogo.

Na atualidade, o futebol é regido pelos resultados. São esses resultados os que marcam o sucesso e o fracasso dos jogadores, técnicos e dirigentes em seus desempenhos nos clubes.

Consciente dessa realidade e longe de se preocupar, Ramón Ángel Díaz desfruta dessa pressão, ao tempo que justifica – através dessa necessidade – a inata sede de gol de suas equipes.

foto-idea-juego-cuerpotecnico

Ideia

de jogo

Ir a ideia de jogo