Gestão

de equipe

foto-gestion
foto-gestion-responsive

“O treinador é quem arrisca o prestígio, pois ele é responsável por aquilo que acontece com a equipe que dirige.”

-Ramón Angel Díaz

Ramón Díaz entende que o aspecto esportivo é parte do vigamento que conforma as instituições em geral. Quer dizer, a gestão esportiva não está isolada das decisões dos dirigentes, das questões políticas, econômicas e, muito menos, das relações humanas internas. Por esse motivo, seu projeto atinge todos esses âmbitos colocando como objetivo fazer parte do crescimento da instituição em geral.

Relação com a diretoria

Procura manter um diálogo aberto com os dirigentes e autoridades das instituições que permita uma comunicação fluída, bem como a possibilidade de acordar critérios compartilhados nas decisões chave.

Promoção de juvenis

Ramón Díaz tem a convicção de que os jogadores provenientes das categorias de base constituem um ativo para as instituições que garantem sua projeção futura. Por esse motivo, o desenvolvimento dos jovens é uma proposta de desafio permanente.

Para isso, procura realizar tarefas conjuntas com os diretores técnicos de cada uma das categorias de base e mantém reuniões periódicas com eles a fim de coordenar um critério único de trabalho, apoiado na utilização de um mesmo sistema de jogo e de similares conteúdos táticos.

Dessa maneira, consegue que o tempo de adaptação à primeira divisão seja muito menor, maximizando o rendimento dos novos jogadores de futebol.

foto-content-gestion1

“Perder um jogo não é problemático. O problema é quando uma equipe perde o rumo e não sabe o que está fazendo. Se pode falar muito, mas tudo tem que se demonstrar dentro do campo.”

-Ramón Angel Díaz

foto-content-gestion1b

Devido a seu permanente interesse no desenvolvimento de juvenis, Ramón descobriu uma grande quantidade de talentos e formou grandes jogadores que passaram pelos melhores clubes do mundo e destacaram-se pela sua capacidade e qualidade. Alguns deles são: Germán Lux, Martín Demichelis, Santiago Solari, Javier Saviola, Pablo Aimar, Maxi López, Eder Álvarez Balanta, Matías Kranevitter e Giovanni Simeone.

Relação com a imprensa:

Uma relação cordial e amena com a imprensa favorece a imagem da comissão técnica e da instituição a qual pertence.

Planeja coletivas de imprensa periódicas e contatos com a mídia posteriores aos compromissos oficiais. Dessa maneira, permite que os sócios e torcedores do clube se mantenham informados e escutem a palavra dos protagonistas.
O entendimento mútuo com o sócio permite uma melhora em qualquer projeto esportivo e institucional.

Relações institucionais

Ramón Díaz e toda sua comissão técnica consideram como um elemento chave a contextualização das necessidades esportivas com relação às situações dos clubes, analisando as diferentes variáveis e adaptando-se aos recursos disponíveis.

Quer dizer, a comissão técnica utiliza conscientemente os recursos disponíveis nos clubes em função dos benefícios que deseja obter, sem gerar prejuízo algum para a instituição.

• Equipe: Composição, características individuais e grupais.

• Instalações: Campos esportivos, ginásios, lugares aptos para concentrações, salas de vídeo, refeitórios, materiais para a tarefa diária, consultórios médicos e cinesiológicos.

ideajuego-ad
metododetrabajo-ad
biografia-ad